SISTEMAS PARA CONSERVAÇÃO
DE GRÃOS E SEMENTES

O Sistema Completo de Conservação dos Grãos contempla
desde a correta homogeneização da massa de grãos, a
aeração rigorosamente dimensionada, o gerenciamento
da aeração pelo sistema DRYCO, um técnico habilitado no
gerenciamento operacional, até o acompanhamento sistemático
da qualidade dos grãos armazenados.
Sistema de aeraÇÃo

Os Sistemas de Aeração Dryeration distribuem, uniformemente, o fluxo de ar para toda a massa de grãos e proporcionam condições para a preservação da qualidade do seu produto. Os sistemas são especialmente dimensionados para a armazenagem, horizontal ou vertical, observando as características dos grãos e cereais a serem armazenados. Os sistemas de aeração podem ser utilizados para condicionar diversas características e tipos de grãos, tais como: soja, milho, trigo, arroz, girassol, algodão entre outros.

› saiba mais

Gerenciamento da Massa de GrÃos

A preservação da qualidade dos grãos é realizada pelo Sistema de Gerenciamento de Armazenagem – Dryco/Drysmart, o qual executa a aeração preventiva, armazenando o frio natural na massa de grãos. Esse sistema assegura a qualidade e a segurança alimentar na armazenagem de produtos agrícolas.


› saiba mais

HomogeneizaÇÃO da massas de grÃos

O Homogeneizador pode reduzir em até 40% da necessidade de horas de aeração, pelo fracionamento do tubo de impurezas central e a redução da concentração dos focos de impureza no armazém. Com isso, a otimização do rendimento dos insufladores e a melhora na movimentação do fluxo de ar na massa de grãos armazenados. Este equipamento fraciona o fluxo de grãos, no enchimento do silo ou armazém, facilitanto a passagem do ar entre grãos.



sistema de Termometria

Os sistemas de termometria indicam a temperatura através dos pontos de leitura (sensores), que são distribuidos na massa de grãos.

Para uma melhor segurança e sanidade alimentar, a Dryeration, recomenda aos seus clientes, que utilizem a leitura da termometria apenas para o acompanhamento da frente de resfriamento na massa de grãos. Visto, a grande capacidade de isolamento térmico dos grãos, que limita o raio de ação dos pontos de leitura (sensores) em amostras menores do que 0,2 Kg.

› saiba mais